Judô

Em fevereiro de 1882, Jigoro Kano inaugura sua primeira escola de Judô denominada Kodokan (Instituto do Caminho da Fraternidade).

Segundo o mestre Massao Shinohara, o Judô foi implantado no Brasil por volta de 1908 pelos imigrantes japoneses vindos no navio Kasato Maru. Não há registros de nomes e datas exatas ou locais. Em princípio, esses imigrantes vieram ao Brasil trabalhar na aguicultura com a promessa de terras para seu desenvolvimento econômico.

Como isso não ocorreu, eram tratados como escravos, alguns decidiram partir para outro lado. O lado das artes marciais, desafiando e aceitando desafios a troco de algum dinheiro. Dentre eles, destacamos o mestre Yasuichi Ono. Aceitou todos os desafios impostos a ele na época sem nunca ter perdido se quer uma luta. Assim deu início a uma bela história do Judõ no Brasil. Além do condicionamento físico, da luta e das competições, o Judô tem virtudes.

Virtudes que são ensinadas. Praticar Judô é educar o corpo e a mente em todos os sentidos, principalmente na relação intra e interpessoal.

O Judô promove:
• Ajuste do comportamento
• Equilíbrio emocional
• Melhora da concentração
• Coordenação motora
• Melhora do condicionamento físico
• Harmonia familiar

Academia Atitude - TENHA UM SITE