Boxe

Primeiros vestígios do boxe no Brasil
No início do sec. XX, a prática desportiva era quase totalmente desconhecida no Brasil. Os raros esportistas limitavam-se a membros das comunidades de imigrantes alemães e italianos, no Rio Grande do Sul e em São Paulo. Foi só com eles que foi introduzida, entre nós, a ideia de competição esportiva entre dois homens ou entre equipes, principalmente em modalidades como natação e canoagem.

Em 1913, travou-se a mais antiga luta de boxe em território brasileiro que ficou documentada. Tratava-se apenas de uma luta de exibição - ou de desafio, não se tem certeza pois os testemunhos da época divergem nesse detalhe - em São Paulo, entre um pequeno ex-boxeador profissional que fazia parte de uma companhia de ópera francesa e o atleta Luis Sucupira, conhecido como o Apolo Brasileiro em razão de seu físico avantajado.

Embora surrado, o nosso Apolo reconheceu que a técnica pode superar a força e tornou-se um grande entusiasta do boxe e seu primeiro grande divulgador. Dado seu prestígio, era médico e filho de conceituada família, seu apoio em muito contribuiu para atenuar o preconceito na época.

Boxe na Atitude
A proposta das aulas de boxe na academia Atitude é a de enfatizar a técnica europeia aprendida de “pai para filho” através do Cônsul da Ilha de Malta, Sr. Italo Bagio. Além disso, incluir aos exercícios específicos e outros preventivos para preservar as articulações por conta do esporte. As aulas são individuais ou em pequenos grupos com o objetivo de otimizar os resultados.

Academia Atitude - TENHA UM SITE